Entrega de escrituras para 200 famílias no Abolição representou um marco na história de Araxá

04-07-2019 17:15

Depois de quase 30 anos, os moradores que ganharam os lotes, podem dormir tranquilos com a segurança de que as casas são realmente deles.

Uma noite que marcou a vida de dezenas de famílias do bairro Abolição, em Araxá. Nesta quarta-feira, 3 de julho, muitos pais, mães e filhos puderam dormir tranquilos com a segurança de que as casas onde moram realmente são deles. A Administração Municipal entregou as escrituras dos terrenos de um bairro criado há quase 30 anos. O prefeito Aracely de Paula, ressaltou que a data representa uma marco para a região norte e para Araxá. Lembrou que a ação mostra a confiança que como prefeito da época, ele teve no futuro e no crescimento da cidade. Informa que a região hoje não tem apenas o Abolição, são mais de 10 bairros onde a cidade vai se multiplicando através das diversas construções. Lembra que muita gente disse que iria haver uma favelização da cidade, mas a intenção era transformar as fazendas, sítios e chácaras em um local onde as pessoas pudessem morar, construir suas casas, cuidar das suas famílias. “Pra nós a data representa satisfação e muita alegria. Saber que um dia nós doamos os terrenos e hoje nós viemos entregar as escrituras dos terrenos é muito bom, é sinal de que colocamos as pessoas em primeiro lugar. Estamos entregando a titularidade definitiva para cada morador do bairro Abolição. A eles os meus cumprimentos e meus agradecimentos, por esperarem tanto tempo e que Deus abençoe a todos”, ressaltou Aracely.

O secretário de Ação e Promoção Social, Moisés Cunha, destacou o prefeito Aracely solicitou a regularização dos terrenos e para isso foi necessária uma ação administrativa gigante envolvendo diversos departamentos como a procuradoria, o gabinete, o Instituto de Planejamento de Desenvolvimento Sustentável de Araxá (IPDSA), e tudo foi coordenado de perto pela Secretária de Governo, Lucimary Ávila. Reforçou que as famílias receberam os lotes há 30 anos do prefeito Aracely e ao longo desse período passaram por inúmeras dificuldades por não serem donas definitivas, havia uma insegurança por não terem a titularidade dos imóveis. “Cada escritura percorreu individualmente vários setores até chegar ao registro em cartório. Cada família foi tratada com toda a particularidade de acordo com o que aconteceu na vida de cada um ao longo desses 30 anos. Foi necessária uma atuação decisiva, forte e humana do prefeito para alcançarmos o dia de hoje”.

Entre os moradores só mensagens de agradecimento ao governo pela ação social decisiva na vida deles. O senhor João Ferreira Dias conta que mora no bairro há mais de 25 anos e nunca perdeu a esperança de receber a documentação. “A doação do terreno foi o início de um sonho e agora estou muito feliz, posso dormir tranquilo, estou no que é meu, essa casa pertence a minha família”.

Eliana Santana, mora há 27 anos no bairro e relata que o sentimento é de plena alegria. “Depois de tantos anos, estávamos na expectativa de receber a documentação. Toda a comunidade do bairro Abolição está muito satisfeita em receber a escritura hoje”.

Angela Aparecida Gualberto Vieira Lopes, afirma que o lote foi doado para os pais dela que já faleceram deixando 5 filhos. “Receber a escritura é uma graça muito grande, estou pelejando para ter esse documento há muito tempo. Representa uma tranquilidade muito grande pra nós, estou muito feliz”, finalizou.

Navegação Rápida