31-10-2018 16:00

Caminhada encerra campanha Outubro Rosa em Araxá

As ações foram intensificadas, o mês termina, mas a prevenção continua e as mulheres devem procurar as unidades de saúde para fazer os exames.

A campanha Outubro Rosa chega ao fim com dezenas de atendimentos nas unidades de saúde de Araxá. A Administração Municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde, intensificou as ações pela prevenção do câncer de colo de útero e de mama. No encerramento das atividades, uma caminhada de conscientização foi promovida para lembrar que a campanha se encerra mas a prevenção tem que ser contínua. A concentração foi na praça da Igreja Matriz e de lá os participantes seguiram pela avenida Antônio Carlos e calçadão da rua Presidente Olegário Maciel, com encerramento na praça Governador Valadares.

A referência técnica em Saúde da Mulher e da Criança, Carla Aparecida Alves Constant, informa que a caminhada reuniu representantes de todas as Unidades Básicas de Saúde e Estratégias Saúde da Família (ESFs). “Durante a campanha intensificamos as ações, buscando aquela população que as vezes não tem acesso. Fomos à zona rural, à população privada de liberdade, ampliamos o horário de atendimento de algumas unidades e aumentamos a oferta de vagas, para que todas as mulheres pudessem fazer os exames preventivos”.

Carla destaca que a campanha é feita em outubro, mas os atendimentos são oferecidos durante o ano todo porque prevenir é sempre o melhor remédio. “Aquela mulher que não teve a oportunidade de procurar o serviço nesses dias, precisa ir à uma Unidade Básica de Saúde, agendar prevenção, passar pelo médico ou enfermeira e fazer sua consulta. Prevenir é a melhor forma de lutar”.

A agente de saúde do ESF Abolição, Evelin Áurea Gouveia, reforça que o trabalho das equipes é orientar as mulheres sobre a importância dos exames para prevenir o câncer de mama e de colo de útero. “Fizemos busca ativa mais intensa das mulheres que precisam fazer os exames e a aceitação foi muito boa. Durante a campanha Outubro Rosa elas ficam mais preocupadas, curiosas, procuram as unidades de saúde e participam mais das ações”.

A avaliação da campanha é positiva, houve a ampliação dos atendimentos com as ações de busca ativa. Foram 656 solicitações de citologia, 435 solicitações de mamografia, 60 grupos de educação em saúde atingindo 845 pessoas, 120 pessoas participaram da caminhada, totalizando 2046 atendimentos. Em 2017, foram 362 solicitações de citologia, 264 solicitações de mamografia, 63 grupos de educação em saúde, 130 pessoas participaram da caminhada, 114 palestras de violência doméstica e familiar contra a mulher, totalizando 933 atendimentos.

Galeria de imagens - 1 até 10 de 10


Ingressos Centro Esportivo Álvaro Maneira
Contribuinte
Nota Fiscal
Portal da Transparência
Parceria com o Terceiro Setor
Rotas
Webmail
PPA-LDO-LOA
Turista
Licitações
Ouvidoria
Diário Oficial
Contra Cheque
Junta Militar
Banco de Dados
Concursos
Processo seletivo educação
IPTU
Editais
Tarifas Aeroportuárias
Processo seletivo saúde
Processo Eleitoral Conselho Saúde
Junta Admin. de Recursos de Infração
Bens Tombados e Fundação Cultural Calmon Barreto
ASTTRAN - Autuações e Penalidades