03-10-2018 10:10

1500 cães e gatos serão castrados em Araxá

Famílias interessadas podem se inscrever na Secretaria de Saúde, nas Estratégias Saúde da Família (antigos PSFs), com os agentes de zoonoses ou agentes de saúde.

 

O serviço de castração de animais vem sendo feito há mais de 2 anos em Araxá. Em 2016 foram castrados 694 cães; em 2017, o número aumentou para 771 cães e gatos; a previsão este ano é dobrar a capacidade castrando 1500 animais. A Coordenadora da Vigilância Ambiental, Flávia Rios, informa que o objetivo da Administração Municipal, através da Secretaria de Saúde, é fazer o controle dos animais domésticos, visando evitar doenças que podem ser transmitidas ao ser humano.

Hoje a castração funciona com terceirização, em duas clínicas da cidade. Quem quiser se inscrever pode procurar a Secretaria de Saúde, as Estratégias Saúde da Família (antigos PSFs), os agentes de zoonoses ou os agentes de saúde. As pessoas se inscrevem, é feita uma entrevista para avaliar a situação e o número de animais da residência. A castração sendo liberada, a clínica agenda a cirurgia.

Flávia explica que o Canil Municipal foi entregue em 2017 e todos os animais que estavam no outro canil foram transferidos para o novo espaço, ganhando uma estrutura adequada. Ressalta que o principal objetivo é a castração, principalmente dos cães de rua para que não gerem novos filhotes que ficarão abandonados e sem a prevenção de vacinas, transmitirão doenças ao homem.

Atualmente o Canil recebe os animais vítimas de atropelamentos e maus tratos. Ele são tratados pela veterinária e quando ficam bem de saúde são colocados para adoção. “Estamos de portas abertas para a adoção. Quem quiser adotar pode procurar, de preferência no período da tarde, horário que o atendimento é mais tranquilo, o espaço está limpo e os animais já receberam medicação”.

Sobre o recolhimento de animais saudáveis nas ruas, Flávia informa que estão tratando e castrando os animais doentes primeiro. Explica que a Organização Mundial da Saúde preconiza que os municípios devem castrar 20% dos animais por ano, para fazer o controle populacional. A meta da Secretaria de Saúde é fazer castração sistemática diária, para atingir esse índice e daqui 6 anos fazer o controle populacional. A coordenadora ressalta que o Canil está com média de 110 animais e desde a construção foram investidos R$ 1,5 milhão. Neste ano de 2018, com ração foram gastos R$ 27.294,00; medicamento humano R$ 3.625,00 e medicamento veterinário R$ 24.219,00. Com a castração de 1500 cães e gastos, está previsto um investimento de R$ 561.988,00. “A prefeitura está adquirindo os equipamentos, material hospitalar, cirúrgico e toda a estrutura necessária para que possamos abrir as portas atendendo a população com castração no início de 2019, esse é o principal objetivo do Canil”.

Galeria de imagens - 1 até 8 de 8


Ingressos Centro Esportivo Álvaro Maneira
Contribuinte
Nota Fiscal
Portal da Transparência
Parceria com o Terceiro Setor
Rotas
Webmail
PPA-LDO-LOA
Turista
Licitações
Ouvidoria
Diário Oficial
Contra Cheque
Junta Militar
Banco de Dados
Concursos
Processo seletivo educação
IPTU
Editais
Tarifas Aeroportuárias
Processo seletivo saúde
Processo Eleitoral Conselho Saúde
Junta Admin. de Recursos de Infração
Bens Tombados e Fundação Cultural Calmon Barreto
ASTTRAN - Autuações e Penalidades