18-04-2018 00:00

Mais de 10 mil m² de vias públicas já receberam nova sinalização de trânsito

Serviço é realizado para o controle, advertência, orientação ou informação do usuário, sendo de competência exclusiva do Departamento de Engenharia de Tráfego do município.

Preocupada com a segurança de motoristas e pedestres, a Prefeitura de Araxá intensifica a implantação de sinalização de trânsito em várias regiões da cidade. Um total de 10.700 m² de vias públicas já recebeu nova sinalização horizontal, o que representa 2/3 do serviço concluído. O serviço é realizado para o controle, advertência, orientação ou informação do usuário, sendo de competência exclusiva do Departamento de Engenharia de Tráfego do município.

O secretário de Segurança Urbana e Cidadania, Élvio Bertoni, informa que a sinalização de trânsito já foi realizada nos bairros Mangabeiras, Belvedere, Dona Adélia, Padre Alaor, Vila Estância, Pão de Açúcar I. “Também já concluímos o serviço em algumas regiões do Centro, como por exemplo, entre a rua Luiz Colombo e a Praça Dona Maroca; rua Consolação até av. Vereador João Sena. Estamos em andamento com o serviço nos bairros Pão de Açúcar III e IV e, posteriormente, iremos para o bairro São Pedro”, afirma.

Também foram revitalizadas a sinalização de trânsito na av. Aracely de Paula, região da Igreja Matriz, av. Imbiara e av. Ministro Olavo Drummond. “Os redutores de velocidade, conhecidos como ‘quebra-molas’, também estão sendo pintados. Todo esse trabalho é muito importante, pois representa mais segurança no trânsito. A nossa cidade está se tornando referência quando o assunto é sinalização de trânsito de qualidade. Nos congressos e encontros sobre este tema, Araxá tem sido citada como exemplo a ser seguido”, revela o secretário.

Um total de 16 mil m² de vias a serem sinalizadas foram licitadas, restando apenas 5.300 m². “Vamos concluir essa primeira etapa do trabalho ainda no primeiro semestre deste ano. Mas, essa dinâmica não para. Temos que estar preparados para sinalizar as vias que vierem a receber o projeto de recapeamento, assim como a revitalização dos pontos onde a sinalização estiver desgastada. Portanto, é um trabalho que não se esgota, estamos sempre atentos e no segundo semestre daremos sequência ao projeto”, garante Bertoni.

Irregularidade

De acordo com a fiscalização da Assessoria de Trânsito e Transporte (Asttran ), alguns cidadãos têm realizado sinalizações em vias públicas por conta própria. Bertoni lembra que esse procedimento é considerado infração administrativa e penal. A elaboração e execução de sinalização de trânsito horizontal ou vertical compete, exclusivamente, ao serviço de engenharia de tráfego vinculado a Secretaria de Segurança Urbana e Cidadania.

“Podemos citar como exemplo, as ruas Capitão José Porfírio e Ipiao que foram recapeadas e receberam novas sinalizações recentemente. Estas vias tiveram suas sinalizações adulteradas ilegalmente, provocando confusão no trânsito e prejuízo ao erário público. Na rua Augusto Luis Coelho um morador chegou a instalar, na porta da casa, uma placa de proibido parar e estacionar”, revela o secretário.

Galeria de imagens - 1 até 4 de 4


Contribuinte
Nota Fiscal
Portal da Transparência
Parceria com o Terceiro Setor
Rotas
Webmail
PPA-LDO-LOA
Turista
Licitações
Ouvidoria
Diário Oficial
Contra Cheque
Junta Militar
Banco de Dados
Concursos
Processo seletivo educação
IPTU
Editais
Tarifas Aeroportuárias
Processo seletivo saúde
Processo Eleitoral Conselho Saúde
ASTTRAN - Autuações e Penalidades