18-04-2018 00:00

Distrito Industrial receberá mais empresas

Sete empreendimentos foram habilitados no edital de licitação. Propostas ainda serão avaliadas pelo CMDE e encaminhadas para apreciação da Câmara Municipal.

Mais sete novas empresas se habilitaram para a concessão de incentivos à instalação e/ou expansão de empresas no Distrito Industrial (DI). Os novos espaços serão disponibilizados para empresas com capacidade de geração de empregos e de desenvolvimento da cadeia de fornecedores em seu entorno. O edital de licitação, modalidade concorrência, foi encerrado nesta segunda-feira, 16. As propostas serão avaliadas pelo Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (CMDE) e encaminhadas para apreciação da Câmara Municipal antes da conclusão do processo e assinatura dos contratos.

Esse é o segundo processo de chamamento de empresas para se instalarem no Distrito Industrial. No primeiro processo licitatório realizado pelo município, concluído em fevereiro passado, a Prefeitura de Araxá promoveu a concessão de terrenos para a instalação de seis novos empreendimentos. Só nesta primeira etapa, mais de R$ 15 milhões de investimento serão realizados nos próximos dois anos e novas vagas de emprego serão criadas. A proposta é fomentar a instalação de novas unidades empresariais em Araxá e a ampliação e expansão das já existentes.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação Tecnológica, Geraldo Lima Júnior, informa que as empresas habilitadas atuam nos ramos de laticínio, fertilizantes, cerâmico, apoio a mineração e transportes. “Nesse segundo edital publicado pela administração municipal, dez empresas cadastraram para participar do processo. Porém, três delas não conseguiram sucesso durante os tramites necessário para habilitação. As empresas inabilitadas não apresentaram todos os documentos previstos no edital ou as propostas não estão de acordo com o edital. Mas, certamente, deverão participar dos próximos processos.”

A licitação faz parte do projeto de lei que instituiu o Programa de Incentivo à Instalação e Expansão de Empresas (PROEMP) e, consequentemente, criou o CMDE e o Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico de Araxá (FUMDEARAXÁ). O secretário explica que o processo é bastante técnico. “Temos uma regulamentação especifica que determinada à pontuação para cada proposta apresentada. Com esse somatório de pontos é definido o incentivo para a instalação ou expansão de cada empreendimento. Esse benefício concedido vem na forma de descontos no valor de mercado do imóvel localizado no Distrito Industrial. O saldo devedor do terreno pode ser pago ao município em um prazo de até 10 anos com correção monetária anual”, destaca Geraldo.

Segundo ele, o Programa de Incentivo significa um avanço para a cidade. “Atraímos empresas e empreendimentos de outras localidades e, também, ajudamos no crescimento das empresas já instaladas no município. Com isso, vamos fomentar o surgimento de novos negócios e, consequentemente, o aumento das vagas de emprego e a geração de mais renda e receita para o município. O Distrito Industrial de Araxá ainda tem outros terrenos a serem disponibilizados a iniciativa privada. Assim que houver novas demandas haverá também a publicação de um novo edital de concorrência através de processo licitatório”, conclui Geraldo Lima.

Galeria de imagens - 1 até 3 de 3


Ingressos Centro Esportivo Álvaro Maneira
Contribuinte
Nota Fiscal
Portal da Transparência
Parceria com o Terceiro Setor
Rotas
Webmail
PPA-LDO-LOA
Turista
Licitações
Ouvidoria
Diário Oficial
Contra Cheque
Junta Militar
Banco de Dados
Concursos
Processo seletivo educação
IPTU
Editais
Tarifas Aeroportuárias
Processo seletivo saúde
Processo Eleitoral Conselho Saúde
Junta Admin. de Recursos de Infração
Bens Tombados e Fundação Cultural Calmon Barreto
ASTTRAN - Autuações e Penalidades