15-02-2017 12:30

Comitiva de Iturama visita Casa do Pequeno Jardineiro

A Casa do Pequeno Jardineiro abriu às portas na tarde de terça-feira, 14, para ser inspiração para representantes do Executivo da cidade de Iturama (MG). O programa socioambiental, coordenado pela Secretaria Municipal de Ação e Promoção Social e parceiro da Fundação Maçônica de Araxá, atende 46 adolescentes de 14 a 17 anos, de ambos os sexos e devidamente matriculados em escolas araxaenses.

O trabalho de caráter preventivo oferece formação integral através do contato com a natureza. As mudas produzidas são doadas para a população e plantadas na cidade. Há certificação após conclusão do curso e, além disso, os alunos recebem Bolsa Aprendizado, vale-transporte, atendimento à família e saúde, material hortodidático e, ainda, apoio de estagiários dos cursos de Agronomia e Engenharia Ambiental do Centro Universitário do Planalto de Araxá (Uniaraxá).

A cidade mineira de Iturama tem uma população de 36.837 habitantes e fica há cerca de 395 quilômetros de distância de Araxá. A visita foi feita por comitiva formada pela secretária de Desenvolvimento Social, Paula Franco Picchioni; a vice-prefeita Maria Aparecida Longo; e o secretário de Esportes, João Carlos Alves Costa; além de representantes do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS).

A recepção ficou por conta da secretária de Ação e Promoção Social e vice-prefeita de Araxá, Lídia Jordão, direção e supervisão pedagógica do programa. O secretário de Desenvolvimento Economico, Turismo e Inovação Tecnologica, Geraldo Lima Júnior, também esteve presente, juntamente com os alunos participantes e integrantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

A secretária de Desenvolvimento Social, Paula Franco Picchioni, representou o prefeito de Iturama, Anderson Golfão. Ela destaca que conhecer o programa socioambiental inspira a acreditar na transformação pessoal através da natureza e, também, a aplicar tais conceitos em futuros projetos em Iturama.

“Estou admirada com a qualidade do serviço ofertado para estes adolescentes, ao mesmo tempo é algo simples: a valorização da natureza, mas que trabalha aspectos educacionais tão importantes. A gente não pode esquecer as nossas origens, então considero um trabalho muito bonito de educação para estes adolescentes e futuros pais e mães de família, que trabalharão isto com seus filhos. Estão de parabéns pela excelência, tudo bem adaptado à nossa condição econômica brasileira. Venho, em nome do prefeito, ver o Brasil que dá certo e para copiarmos, de verdade, estas coisas”, afirmou.

O convite para a visitação partiu da vice-prefeita e secretária de Ação e Promoção Social, Lídia Jordão, que acompanhou a comitiva durante toda a visitação. O encontro entre representantes do setor social das duas cidades foi possível, inesperadamente, após um jogo de futebol.

“Temos uma equipe de futebol Trianon, de Araxá, que foi participar de um campeonato em Iturama. O pessoal de lá conheceu a equipe e gostou da organização. Nossos atletas contaram que são financiados pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente e que existe um projeto que foi aprovado e recebem a remuneração para a manutenção. Isso foi levado à reunião do Conselho em que eu estava presente, então sugeri a eles virem à nossa cidade para conhecer a Casa do Pequeno Jardineiro”, contou Lídia Jordão.

A supervisora pedagógica Daniela Carvalho guiou as visitas pelo trajeto, apresentando juntamente com os estudantes como é a lida com plantas e árvores medicinais, frutíferas, ornamentais e típicas do cerrado; além dos trabalhos desenvolvidos no minhocário, estufa e toda a estrutura administrativa. Integrante do programa desde que era estagiária em 2011, ela destaca a importância de oferecer atenção aos jovens.

“Acho que o trabalho mais importante é tirarmos eles das ruas, onde poderiam estar encontrando coisas que não devem. Aqui dentro eles ganham nossa atenção. Além disso, saem com o aprendizado de jardineiro e podem seguir esta carreira. Considero a parte social a mais importante deste programa, o meio ambiente é um atrativo para tirá-los da rua”, disse Daniela.

Ao final da visitação, a comitiva de Iturama pode apreciar quitandas feitas com alimentos colhidos na Casa do Pequeno Jardineiro, e ainda levaram para casa mudas de várias espécies. A diretora pedagógica Edna Resende Campos afirma que receber pessoas de outras cidades reforça o trabalho e comprometimento desenvolvido com os adolescentes.

“É um trabalho que além da inclusão social, visa também o aspecto ambiental. No ano passado ganhamos prêmio de referência de boas práticas em gestão, e acho que isso teve uma divulgação em nível de Minas Gerais que mostrou que estamos no caminho certo em relação aos jovens em vulnerabilidade social. Através da natureza reconhecemos este trabalho digno para com os jovens” concluiu Edna.

Galeria de imagens - 1 até 14 de 14


Contribuinte
Nota Fiscal
Portal da Transparência
Parceria com o Terceiro Setor
Rotas
Webmail
PPA-LDO-LOA
Turista
Licitações
Ouvidoria
Diário Oficial
Contra Cheque
Junta Militar
Banco de Dados
Concursos
Processo seletivo educação
IPTU
Editais